História do Santuário

Na época do desbravamento do Norte do Paraná, por volta de 1918, Juvenal Mesquita, dono de uma extensa gleba de terras, convidou seu sobrinho o jovem Eurípedes Mesquita Rodrigues para abrir o “sertão”. Mesmo sabendo dos riscos, seu espírito aventureiro falou mais alto e, ao partir, recebeu de sua mãe uma pequena medalha de Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, para que ela o protegesse na jornada e recomendando a ele que recorresse a ela toda vez que se sentisse em perigo.

Eurípedes, começou seu trabalho de reconhecimento das divisas da propriedade que lhe cabia administrar.  Como era uma área muito grande, viu-se perdido no meio da densa floresta, já em desespero, lembrou-se das palavras de sua mãe, ajoelhou-se e apertou a medalha de Santa Terezinha contra o peito. Rezou pedindo a ela que o ajudasse a se orientar. Logo, levantou-se, e reiniciou confiante a sua caminhada e então se deu conta de que estava próximo do local onde estava seu barraco.

Santuario Santa Terezinha

Grato a Santa Terezinha, anos após o acontecimento, quando veio o primeiro padre, contou a ele o acontecido e pediu humildemente que desse o nome à paróquia de Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, no que foi atendido. No local onde rezou e aconteceu a manifestação de sua fé, construiu posteriormente a sua morada, até hoje propriedade de seus descendentes.

Em 03 de outubro de 1926, inaugurou-se a primeira capela por ocasião da visita do 1º bispo de Jacarezinho, Dom Fernando Taddei. A paróquia foi criada em 1º de março de 1942 por decreto de Dom Ernesto de Paula, 2º bispo diocesano, que empossou como primeiro pároco o Pe. Manuel Pacheco.


Em 1º de junho de 1948, com as obras da matriz já iniciada pelo pe. Agostinho Martinez, a paróquia de bandeirantes foi entregue aos frades capuchinhos, tomando posse como pároco o frei Vital Basso. Em 9 de dezembro de 1949 o frei Eugênio Nickele veio para Bandeirantes, e teve a dádiva de inaugurar a matriz, pronta em 16 de janeiro de 1951.


O frei Justino, foi o último pároco capuchinho que em 1992, entregou a paróquia ao clero diocesano de Jacarezinho, assumindo então o Pe. Mauro Aparecido dos Santos, atualmente arcebispo da diocese de Cascavel.

Em 5, 6 e 7 de novembro de 1998, nossa matriz recebeu a visita da urna com os restos mortais de Santa Terezinha.
A instalação do santuário diocesano ocorreu no dia 15 de dezembro de 2007, por sua Excelência Reverendíssima Dom Fernando José Penteado, 6º bispo de Jacarezinho. O santuário segue sob administração do clero diocesano com empenhos dos reitores e vigários auxiliares que ali contribuem na evangelização. Devido a devoção do povo, o aumento no número de fiéis a esta paróquia, teve um crescimento significativo, consequentemente tornando-se um santuário. O qual está sendo cada vez mais visitado pelos devotos.

Evangelize compartilhando:
Fechar Menu